sábado, 21 de novembro de 2009

e


Quando estou só reconheço
Se por momentos me esqueço
Que existo entre outros que são
Como eu sós, salvo que estão
Alheados desde o começo.

E se sinto quanto estou
Verdadeiramente só,
Sinto-me livre mas triste.
Vou livre para onde vou,
Mas onde vou nada existe.

Creio contudo que a vida
Devidamente entendida
É toda assim, toda assim.
Por isso passo por mim
Como por cousa esquecida.

6 comentários:

tulipa disse...

Todos os blogues que visitei hoje falam de solidão. Será um mal geral?

um abraço
tulipa

NAFTAMOR // Melhoral disse...

tulipa,

Olá,

na minha humilde opinião estamos todas afectadas, eu inclusive, umas por isto outras por aquilo...

Um Beijo

kris disse...

pois..também acho...a solidão também nem sempre é uma coisa má...

beijo

NAFTAMOR // Melhoral disse...

Kris,

Quando se escolhe, acho que sim!
E se não for essa a escolha?


Um beijo

kris disse...

naft

bem sei que se não for essa a escolha..........é tramado.bem sei Leoa!

beijo...vou curtir a minha solidão para a cama.

NAFTAMOR // Melhoral disse...

Kris,

Leoazinha,

hoje vais cedo para a caminha?
a gata já te deixa dormir melhor?

Então uma boa noite!

Um Beijo