sábado, 20 de dezembro de 2008

.
.
Entre o passado, onde estão nossas recordações, entre o futuro, onde estão nossas esperanças, fica o presente, onde está o nosso dever.
.

8 comentários:

meus instantes e momentos disse...

parabens pelo post, ótimo muito bom.
Lindo teu blog, parabens , gostei daqui,
Maurizio

NAFTAMOR disse...

meus instantes e momentos,

Bemvindo ao NAFTAMOR, volte quando quiser.

Ana Oliveira disse...

Linda a foto, foste tu que fizeste a montagem?

E então entre as recordações e as esperanças está o dever?? O presente é o dever??

Explicas, sim?

Bjs

Ana

NAFTAMOR disse...

Ana Oliveira,

esta não!

o dever de
acreditar
prosseguir
avançar muitas vezes esquecendo e nunca comparando
continuar porque estamos cá e a vida é só uma

uma rosa e um beijo

Ana Oliveira disse...

Adorei a resposta! Perfeita

Obrigada pela rosa.

Beijos

Ana

kris disse...

naft,

quando o presente é negro e o futuro mais negro parece ser, onde vamos buscar a força para seguir em frente? é essa parte que ainda me falta entender...e como posso eu querer tanto aquilo que me vai matando um pouco todos os dias? já ando mais conformada...e porque também levei "um choque", e percebi que não estava a ver as coisas da forma mais correcta..isso fez-me fazer um stop em alguns pensamentos meus..
Talvez uma nova paixão resolva muita coisa..mas quando não temos cabeça?não temos vontade para nos darmos a mais ninguém?onde podemos ir buscar novamente essa força?
Vejo as coisas muito mal paradas para o meu lado. muita coisa falha..a distância cria muitos monstros, indestrutíveis..tanto do meu lado como do outro lado..só que eu não sei viver com eles. o afastamento causado por eles é o que me está a matar...porque o meu amor não acabou...nem acabará...
qual é o meu dever no presente?

NAFTAMOR disse...

Kris,

"longe da vista,longe do coração",
já te o disse, foste tu que acreditaste, foste tu que apanhaste choque, tens monstros que não consegues ultrapassar e a outra parte? é aqui que reside sempre as minhas questões. Sózinha, não consegues e é aí que eu penso que tens de mudar.Já estás dizes tu, muito bem, força muita força.Prossegue o teu caminho.
Se eu estiver errada, retiro tudo o que disse dede o 1º dia e luta por aquela que dizes amar.

kris disse...

naft,

o que se passa na verdade é que eu não sei lidar com a distância..

beijo*