domingo, 4 de janeiro de 2009

♥ ♥ ♥



Quem será que me chega na toca da noite.
Vem nos braços de um sonho que eu não desvendei.
Eu conheço o teu beijo, mas não vejo teu rosto.
Quem será que eu amo e ainda não encontrei...
Que sorriso aberto
Um olhar tão profundo
Que disfarce será que usa pro resto do mundo
Onde será que você mora,
em que língua me chama
Em que cena da vida haverá de comigo cruzar
Que saudade é essa do amor que eu não tive
Porque é que te sinto se nunca te vi
Será que são lembranças de num tempo esquecido
Ou serão previsões de te ver por aqui
Então vem
Me desvenda esse amor que me faz renascer
Faz do sonho algo lindo
Que me faça viver
E se fiz com os céus algum trato
Esclarece esse fato que me faz compreender
Desse beijo esse abraço na imaginação
E descobre o que guardo pra ti em meu coração
Mas deixe eu sonhar, deixa eu te ver
Vem e me diz quem é você
Mas deixa eu sonhar, deixa te ver
Vem e me diz quem é você
♥ ♥ ♥

4 comentários:

kris disse...

uma flor à lua....

"amor platónico"?
"amor impossível"?
"amor inalcansável"?

beijo

NAFTAMOR disse...

Kris,

mas o que tu sabes!!!

respostas,
quem sabe! quem sabe!

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Naft

Lindo poema às coisas que nem sabemos que são ou o que são!

Como o poema "- Menina, que queres tu?"
"- a lua"

Pois é como amar o amor!
Beijos

Ana

lisse disse...

Linda a rosa
capaz de desenhar o sorriso da lua...

..."e me diz quem é você"...
("conheço teu beijo"?)

Bom resto de domingo

Beijo