sexta-feira, 26 de dezembro de 2008

X

Quase todas nos escondemos por detrás de máscaras ... e para quê? Para nos protegermos dos nossos demónios? Para proteger os outros dos nossos pensamentos e sentimentos atormentados e destrutivos?

Eu não gosto de máscaras e muito raramente as coloco, luto contra o passado que me impõe dúvidas no presente por recordar o que não foi e podia ter sido, por saber que já não se pode voltar a ter… mas sigo e tento me despir de pressões.

Vamos retirar estas mascaras que não representam o que somos?
Vamos ignorar tudo e todas?
.

14 comentários:

Ana Oliveira disse...

Naft

E se não for para nos protegermos...mas para proteger outros de serem atormentados?
E se as máscaras nos magoarem por nos serem estranhas e mesmo assim as mantivermos para não causar danos maiores?
E se...

Beijo

NAFTAMOR disse...

Ana,

Sofremos muito com o pouco que nos falta e não sabemos gozar aquilo que temos e assim somos
Pouco inteligentes
Masoquistas
Sofredoras
Negativas
Desencantadas
Melancólicas
Severas
Infelizes
Etc.

E hoje estamos
Paradas (toca a mexer)
Ancoradas (ainda por cima no lodo mal cheiroso)
Sem destino ( o que é pessimo)
Iludida?
Mas a menina ilude-se com o quê? Então não tem volta e está iludida?
Mau, mau tenho de gritar?

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Ups!

Vendo bem o meu muro de lamentações é bem pequeno comparado com o meu hino às coisas boas da vida!
Lá irei, lá irei...
Pouco inteligente?...tem dias!
Masoquista?...um niquinho!
Sofredora?...mea culpa!
Negativa?... NUNCA!
Desencantada?...nem pensar!
Melancólica?....Kalimero, às vezes!
Severa?...Eu?
Infeliz?...só quando esqueço as coisas boas da vida!

Quanto ao resto...são figuras de estilo para momentos difíceis!

O grito já cá chegou...fui!

Beijo

NAFTAMOR disse...

Ana,

Vai, vai ......
Espevitadinha........

Ana Oliveira disse...

Oi

A insonia tem as suas vantagens...
leva-se um grito, encolhemo-nos...ficamos a pensar... e de repente: oh pra mim aqui de cara chapada...a levar tareia por causa de mascaras...e a espevitadinha sou eu, hem!

Beijo beijo

NAFTAMOR disse...

Ana,

olha lá o grito fez efeito até agora? não me digas que a noite foi até de manhã.
oh! insónias!
dá para tudo até para contar carneirinhos e depois as caranguejas andam para trás, não é?
a "espevitadinha" foi um carinho, um pouco retorcido é verdade mas.......

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Oh se fez...
Bom, a insónia foi só praí até às 3...mas as caranguejas não andam para trás , andam de lado, por isso têm sempre 2 perpectivas...

Eu percebi que não era "a modos que" uma formula ternurenta...

Beijo

Ana Oliveira disse...

Sorry

Eu queria dizer que tinha percebido.
Não sei de onde saiu aquele "não"

Ok?

Beijo

NAFTAMOR disse...

Ana,

AH!!!

percebeste que ao descreveres um pouco de "hinos" e afins, mexeu um pouquinho com a Leoa e porquê?
isso não sei bem explicar mas lá iremos com o tempo......

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Ok, há aí qualquer coisa que mexe...
fico à espera...e desde ontem por causa dos "hinos" ressoa-me o "Gracias à la Vida" da Juan Baez...

Beijo

NAFTAMOR disse...

Ana,

"Gracias à la Vida" da Juan Baez...
é bem linda!

mas não eras tu que estavas a descrever?
está aqui ou aí?
espero que expliques melhor

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Ok, tento! Estou aí
Leoa:
Pouco inteligente...quando magoada
Masoquista...por orgulho
Sofredora...sim, mas antes quebrar que torcer
Negativa...nos momentos de solidão
Desencantada...com facilidade
Melancólica...se não tiver publico
Severa...quando tem um "espinho" na pata
Infeliz...sim, quando não controla o rodopio das emoções.

Acertei qualquer coisinha?
...vou ali, volto já...antes do grito!

Beijo

NAFTAMOR disse...

Ana,

risooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooooos

qualquer coisinha, claro que sim!!!

mas há Leoas e Leoas e cá a rapariga não é das melhores.......

Um beijo

Ana Oliveira disse...

Uffff! alivio!
Sorriso pra ti também, Leoa assim assim!