terça-feira, 4 de novembro de 2008

§


Hoje

Não te dei meus lábios…tu não os pediste.
Um desapego


Não te dei meu corpo… tu não o desejaste.
Uma necessidade


Dei-te meu olhar, pleno de ternura ….
Senti-te longe e a solidão começou a invadir
Estavas longe….

Senti-me insegura,
não te senti comigo.

§

4 comentários:

kris disse...

naft,

beijo e boa noite

lisse disse...

Fecharam-se os lábios.Cobriu-se o corpo.
Porque o desejo oculto se calou, escondido de si mesmo...

Só a face da ternura, brilhou no escuro da noite. E eram de sangue as lágrimas que corriam.

Beijo grande

Morgana disse...

Exprime tão bem o principio do desapego!!!

NAFTAMOR disse...

morgana,

DESAMOR
DESINTERESSE
DESAFEIÇÂO
DESPRENDIMENTO
.
.
.
.
.